menu

Princípios e Valores Macrobióticos 

Por: Simon Brown Carl Ferre, Anna Mackenzie, Isabel Moreno, Denny Waxman.
Tradução: Filipa Silva

Os seguintes princípios e valores baseiam-se nos escritos do filósofo do início do século XX, George Ohsawa. A sua intenção era a de cultivar a saúde individual e mundial, a consciência social e ambiental e alcançar uma vida gratificante. Esses princípios estão aqui descritos de forma concisa e usando linguagem moderna. Livros, sites e redes sociais têm material para mais estudos.

Modo de Vida

Gratidão – Desenvolver amor pela vida, aproveitar ao máximo cada momento e sentir-se grato por quaisquer acontecimentos, porque quer estes pareçam positivos ou negativos, os mesmos são uma oportunidade de crescimento pessoal.
Um grão, dez mil grãos – Na natureza, uma semente torna-se numa planta que produz muitas sementes, devolvendo assim o que recebeu e partilhando. Esta é uma metáfora para agirmos continuamente com generosidade para com os outros em todos os aspetos da vida, devolvendo assim mais do que recebemos.
Valores – Aprender a aceitar as pessoas como elas são e apreciar a jornada de vida de cada pessoa. Procure ter relações honestas e positivas, que cumpram a mais alta ética e valores de vida.
Tudo muda – Ao abraçar a mudança, os humanos desenvolvem-se. A vida macrobiótica é uma forma de criar mudanças benéficas na vida, evoluindo através da experiência e à medida que o mundo muda.
Saúde
Sete condições de saúde – 1. Vitalidade. 2. Bom apetite por comida natural e pela vida. 3. Sono profundo e refrescante. 4. Boa memória. 5. Perspetiva agradável e feliz. 6. Pensamento claro e ação. 7. Honestidade e apreciação.
Autorreflexão – Desenvolver a capacidade de ver a vida a através de uma perspetiva maior, mais objetivo e sem julgamento. Viver com auto-consciência pode guiar cada pessoa a uma vida saudável.
Intuição – Parte integrante da saúde, baseada num conhecimento interior, que vem de uma ligação direta com a natureza e não só.
Auto-capacitação – A capacidade de influenciar a sua própria vida e saúde é um dos primeiros passos para se empoderar, conduzindo a uma abordagem criativa e construtiva da vida.

Ecologia e Alimentação

O corpo e a natureza não estão separados – O que fazemos ao ambiente afeta-nos muito. Comida e respiração são a nossa ligação direta com a natureza. Através de refeições diárias, horários regulares ao deitar e acordar e exercício diário, realinhamo-nos com os ciclos sazonais da natureza todos os dias.
Alimentação – Refeições consistentes e comer acompanhado promovem a saúde. Uma dieta macrobiótica baseia-se na combinação de alimentos tradicionais saudáveis, incluindo vegetais frescos, cereais integrais ou seus produtos, feijão, frutas, frutos secos, sementes, pickles, alimentos fermentados, ervas, temperos, algas e chás. Cada pessoa é única e descobre o melhor alimento para a sua saúde com base em princípios macrobióticos. Muitos prosperam sendo vegan e outros optam por incluir alguns alimentos de origem animal. A macrobiótica é uma abordagem aberta, flexível e adaptável à alimentação, que pode incluir uma grande variedade de alimentos, inclusive para eventos sociais e ocasiões especiais.
Princípios para a seleção de alimentos – Dê prioridade aos alimentos que cresceram e se adaptaram à sua região climática ao longo de muitos séculos ou pelo menos provenham de uma zona climática semelhante. Prefira alimentos locais, sazonais e frescos e o mais próximo possível de onde vive e alimentos orgânicos/naturais com o mínimo de aditivos químicos possível. As nossas escolhas alimentares têm impacto na sociedade e no ambiente.
Preparação natural – Utilize técnicas de preparação natural, técnicas de cozedura e métodos de preservação para melhorar o sabor e a qualidade dos ingredientes e para tornar os nutrientes mais disponíveis em termos de absorção. Cozinhar é uma habilidade que pode trazer maior satisfação sensorial e emocional a cada refeição.

Capacidade de adaptabilidade

Ordem do universo – Descreve como as coisas entram numa progressão lógica através de sete fases. Este processo forma a base filosófica da macrobiótica.
Princípio unificador de yin-yang– Ilustra a unidade e diversidade de todos os fenómenos, conexões e a direção relativa de todas as coisas. Yin ou yang não podem existir ou ser definidos um sem o outro. São termos relativos em que uma coisa é mais yin ou mais yang em relação a outra coisa. Opostos, como dia e noite, complementam-se e transformam-se uma na outra.
Cinco transformações – Fases de mudança baseadas em horários do dia e das estações do ano, que combinam com yin e yang para mais informações e refinamento na tomada de decisão relativa à preparação de refeições diárias, culinária, saúde e estilo de vida.

Pensamento

Viver com curiosidade – Aprender a pensar por si mesmo. A educação macrobiótica inclui fazer perguntas e desenvolver curiosidade para ajudar a explorar a vida mais profundamente. Viva com a mente de um principiante, que esteja aberta a ideias novas e frescas. Esteja pronto para experimentar e verificar por si mesmo. Estude culturas tradicionais que tenham alcançado a saúde, longevidade e harmonia com o seu ambiente.
Sete aspetos da consciência – Guias úteis para a autorreflexão à medida que crescemos e nos desenvolvemos. Estas qualidades humanas inatas são o amor físico, sensorial, emocional, intelectual, social, filosófico e universal que pode transformar o antagonismo no seu complemento.

 
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt

Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt

Subscreva a nossa Newsletter

Insira o seu email para subscrever a nossa newsletter e ficar a par de novas notícias e ofertas.