menu

Culinária

Dieta

A dieta macrobiótica baseia-se na combinação de alimentos tradicionais saudáveis, os quais incluem vegetais frescos, cereais integrais ou seus derivados, leguminosas, fruta, oleaginosas, sementes, picles, fermentados, ervas aromáticas, condimentos, algas e chá. Cada individuo é único e descobre quais os melhores alimentos para a sua saúde, baseados nos princípios macrobióticos. Alguns prosperam através de uma alimentação macrobiótica vegana enquanto outros escolhem incluir alguns alimentos de origem animal. A Macrobiótica é uma abordagem aberta, flexível e adaptável à alimentação, que respeita as necessidade de cada indivíduo e pode incluir uma larga variedade de alimentos, alguns apenas utilizados em eventos sociais e ocasiões especiais.


Seleção de Alimentos

Priorizar alimentos que crescem e estão adaptados ao clima local onde vive, ao longo de vários séculos, ou que provenham de regiões com climas semelhantes. Prefira alimentos perecíveis, locais e sazonais, criados o mais próximo da sua localidade de residência e, se possível, biológicos ou com o mínimo de químicos possível. As nossas escolhas alimentares têm impacto na sociedade e no ambiente.

 

Preparação natural

Opte por métodos de preparação e preservação e por técnicas de cozinha o mais naturais possível, para enaltecer o sabor e a qualidade dos ingredientes e para tornar os seus nutrientes mais disponíveis a serem digeridos. Cozinhar é uma habilidade que pode ajudar a desenvolver os sentidos e a ganhar satisfação emocional através de cada refeição.



Forma de comer

Não é apenas a preparação e seleção dos alimentos que é importante. Fundamental é também a forma de comer e o ritmo das refeições. Refeições a horas regulares promovem a saúde e o bem estar. Devemos comer em média três refeições. Temos o designado relógio biológico onde cada um dos doze meridianos está mais ativo duas horas por dia. Não devemos comer depois das 20:00 e devemos esperar três horas antes de ir para a cama após a última refeição. Ao comer devemos mastigar pelo menos 50 vezes cada garfada e estar em companhia agradável. Nunca ver televisão e comer ao mesmo tempo, não trazer qualquer tipo de problema para a mesa, comer sempre sentado e nunca de pé.


Ecologia e Alimentação

A forma como comemos tem enorme impacto não apenas no interior do nosso corpo, a ecologia interna, mas também mo meio ambiente, a ecologia externa. Uma alimentação baseada em produtos animais é extremamente destruidora do meio ambiente devido aos recursos necessários tanto em área como água e outros. Por outro lado corpo e natureza não estão separados e o que fazemos ao ambiente afeta-nos também enormemente. A destruição do meio ambiente causa depois todo o tipo de problemas de saúde no ser humano.

close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt

Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt

Subscreva a nossa Newsletter

Insira o seu email para subscrever a nossa newsletter e ficar a par de novas notícias e ofertas.